HISTÓRIA E MEMÓRIA: CONSTRUÇÃO DA CATEDRAL DE NOSSA SENHORA DO CARMO

julho 10 00:01 2016 Imprimir Este artigo

A primeira igreja em honra a Nossa Senhora do Carmo foi construída, em 1806, pelo frei carmelita José das Chagas. Atualmente a igreja que outrora foi dedicada a Padroeira de Parintins, é hoje dedicada a São Benedito. Em 1895, foi construída uma nova igreja, onde atualmente é o Sagrado Coração de Jesus.

Catedral-em-ConstruçãoA construção da atual Catedral de Parintins, dedicada a Nossa Senhora do Carmo, só veio acontecer quando Dom Arcangelo Cérqua lançou, em 6 de abril de 1958, a campanha para erguer o novo templo católico.

Muitas ações foram realizadas para adquirir os materiais para a construção da Catedral, que só iniciou três anos após o lançamento de seu projeto assinado pelo engenheiro italiano Giovanni Butori e por Padre Jorge Frezzini. O primeiro Festival Folclórico de Parintins foi realizado em 1966 com o objetivo de conseguir recursos para a construção da igreja.

A construção da torre da catedral de Nossa Senhora do Carmo teve o início em 1979, sob orientação do engenheiro parintinense, Simão Assayag, ficando pronta em 1981. O prédio tem 42 metros de altura, 176 degraus e no topo da torre a imagem da Virgem do Carmelo a abençoar os habitantes de Parintins, os que chegam à cidade e os navegam pelo caudaloso Rio Amazonas. O autor da obra éo artista José Ribeiro.

A fachada da Catedral é toda revestida com ladrilhos. O altar de mármore e os vitrais vieram da Itália e nas paredes estão as pinturas realizadas por Irmão Miguel Pascale em parceria com os artistas Juarez Lima, Augusto Simões e outros artistas parintinenses que passaram pelas instruções de Irmão Miguel.

A Catedral de Nossa Senhora do Carmo, maior representação arquitetônica do município de Parintins, é um marco na história da cidade que no período de 6 a 16 de julho reúne milhares de pessoas vindas de diversos lugares de Parintins e cidades vizinhas e até de outros estados, para expressar sua fé, devoção e amor à Rainha do Carmelo, padroeira da cidade de Parintins.

 

Com Informações do Alvorada Parintins
Matéria: Paulo Pacheco e Dayane Pontes

Comente via Facebook

escreva um comentário

1 Comentário

Adicione um Comentário