Liturgia Diária: 4ª-feira da 14ª Semana Tempo Comum

julho 06 00:01 2016 Imprimir Este artigo

4ª-feira da 14ª Semana Tempo Comum

Cor: Verde

1ª Leitura – Os 10,1-3.7-8.12

É tempo de procurar o Senhor.
Leitura da Profecia de Oséias 10,1-3.7-8.12 1 Israel era uma vinha exuberante
e dava frutos para seu consumo;
na medida de sua produção,
erguia os numerosos altares;
na medida da fertilidade da terra,
embelezava seus ídolos.
2 Com o coração dividido,
deve agora receber castigo;
o Senhor mesmo derrubará seus altares,
destruirá os seus simulacros.
3 Decerto, dirão agora:
‘Não temos rei;
não temos medo do Senhor.
Que poderia o rei fazer por nós?’
7 Samaria está liqÜidada,
seu rei vai flutuando como palha em cima da água.
8 Será desmantelada a idolatria dos lugares altos,
pecado de Israel;
ali crescerão espinhos e abrolhos
sobre seus altares;
então se dirá aos montes: ‘Cobri-nos!’
e às colinas: ‘Caí sobre nós!’
12 Semeai justiça entre vós,
e colhereis amor;
desbravai uma roça nova.
É tempo de procurar o Senhor,
até que ele venha e derrame a justiça em vós.’
Palavra do Senhor.

Salmo – Sl 104 (105),2-3. 4-5. 6-7 (R. 4b)

  1. Buscai constantemente a face do Senhor!
    Ou: Aleluia, Aleluia, Aleluia
    2 Cantai, entoai salmos para ele, *
    publicai todas as suas maravilhas!
    3 Gloriai-vos em seu nome que é santo, *
    exulte o coração que busca a Deus! R.

    4 Procurai o Senhor Deus e seu poder, *
    buscai constantemente a sua face!
    5 Lembrai as maravilhas que ele fez, *
    seus prodígios e as palavras de seus lábios! R.

    6 Descendentes de Abraão, seu servidor, *
    e filhos de Jacó, seu escolhido,
    7 ele mesmo, o Senhor, é nosso Deus, *
    vigoram suas leis em toda a terra. R.

Evangelho – Mt 10,1-7

Ide, antes, às ovelhas perdidas da casa de Israel! + Proclamação do Evangelho de Jesus Cristo segundo São Mateus 10,1-7 Naquele tempo:
1 Jesus chamou os doze discípulos
e deu-lhes poder para expulsarem os espíritos maus
e para curarem todo tipo de doença e enfermidade.
2 Estes são os nomes dos doze apóstolos:
primeiro, Simão chamado Pedro, e André, seu irmão;
Tiago, filho de Zebedeu, e seu irmão João;
3 Filipe e Bartolomeu;
Tomé e Mateus, o cobrador de impostos;
Tiago, filho de Alfeu, e Tadeu;
4 Simão, o Zelota, e Judas Iscariotes,
que foi o traidor de Jesus.
5 Jesus enviou estes Doze, com as seguintes recomendações:
‘Não deveis ir aonde moram os pagãos,
nem entrar nas cidades dos samaritanos!
6 Ide, antes, às ovelhas perdidas da casa de Israel!
7 Em vosso caminho, anunciai:
‘O Reino dos Céus está próximo’.
Palavra da Salvação.

Reflexão – Mt 10, 1-7

Nós devemos ter sempre a convicção de que, se fomos chamados para trabalhar no Reino de Deus, foi Jesus quem nos chamou. Outras pessoas podem até ter participado deste chamado, mas forma instrumentos nas mãos de Jesus para que esse chamado acontecesse. E porque foi Jesus quem nos chamou, é da obra dele que participamos. Não temos o nosso próprio projeto e nem participamos de projetos de outras pessoas, mas na verdade, nos inserimos no projeto do próprio Jesus. Com isso, não realizamos a nossa obra, mas a obra daquele que nos chamou e não agimos pelo nosso próprio poder, mas agimos pelo poder daquele que nos chamou e nos enviou para a realização do seu projeto de amor.

Fonte: CNBB

Comente via Facebook

escreva um comentário

0 comentário

Ainda não há comentários!

Você pode ser o único a iniciar uma conversa.

Adicione um Comentário