O segredo para vivermos da Divina Providência

julho 04 10:03 2016 Imprimir Este artigo

No mundo em que estamos, pode parecer difícil viver da Divina Providência, mas o Senhor nos mostra o segredo para viver assim

“Não vos preocupeis com coisa alguma, mas, em toda ocasião, apresentai a Deus os vossos pedidos, em orações e súplicas, acompanhadas de ação de graças. E a paz de Deus, que supera todo entendimento, guardará os vossos corações e os vossos pensamentos no Cristo Jesus”. (Fl 4,6-7).

Nós sempre teremos necessidades? Sim, e elas podem ser muito grandes; talvez problemas insolúveis. O Senhor não está dizendo que não teremos problemas; ao contrário, Ele nos dá o segredo para enfrentar as dificuldades: “Manifestai a Deus as vossas necessidades por meio de orações, súplicas e ação de graças”. Aí está o segredo: manifestar seus problemas para o Senhor, contar para Ele as suas necessidades, a fim de que tenha a maravilhosa intercessão de Nossa Senhora.

Quando Luzia Santiago [cofundadora da Canção Nova] foi à primeira vez a Medugorje, trouxe uma palavra: Nossa Senhora, em Medugorje, recomendou muito e pediu que as quintas-feiras fossem consagradas à adoração ao Santíssimo, e que lessem essa passagem do Evangelho de São Mateus 6,24, a qual garante que o Senhor proverá em todas as nossas necessidades.

“Ninguém pode servir a dois senhores, porque ou odiará a um e amará o outro, ou dedicar-se-á a um e desprezará o outro. Não podeis servir a Deus e à riqueza. Portanto, eis que vos digo: não vos preocupeis por vossa vida, pelo que comereis, nem por vosso corpo, pelo que vestireis. A vida não é mais do que o alimento e o corpo não é mais que as vestes?”.

Em outras palavras, a sua cabeça e o seu coração não podem estar em Deus e no dinheiro; nem mesmo suas preocupações e seus projetos, porque se você os colocar em bens materiais, vai acabar adorando o “deus do dinheiro”. Talvez você pense: “Eu tenho que conquistar o dinheiro!”. O Senhor diz, em todo o Antigo Testamento, que se Ele não guardar a casa, em vão os guardas vigiarão. No Novo Testamento, fala-se muito da providência. Não sou eu, monsenhor Jonas Abib, falando, é o próprio Jesus: “O meu Deus suprirá todas as necessidades de vocês, de acordo com as suas gloriosas riquezas em Cristo Jesus” (Filipenses 4,19).

Maria também nos ensina a confiar na Divina Providência, pois ela é canal para que isso aconteça. Nós não podemos ter vergonha de rezar com Nossa Senhora. Precisamos conversar com ela, como conversamos com outras pessoas; ela é a Mãe; nós apenas não a vemos.

Maria é a onipotência suplicante, como diz São Bernado. Quer dizer que tudo o que ela pede o Filho atende. Conversando com ela, você conversa com o Senhor, como aconteceu nas bodas de Caná.

Seja qual a situação que você esteja vivendo, fale de coração aberto com Nossa Senhora e manifeste a ela suas necessidades. Neste tempo de violência, precisamos da presença de Deus, e Ele coloca a Mãe ao nosso lado.

 

Comente via Facebook

escreva um comentário

0 comentário

Ainda não há comentários!

Você pode ser o único a iniciar uma conversa.

Adicione um Comentário